Só ele pode

Gilmar Mendes, ministro do STF, processa Guilherme Boulos após críticas em jornal, informa o Brasil de Fato. Boulos o descreveu como “bravateiro de notória ousadia”.

O ministro, que se acha um cidadão acima do comum dos mortais, pode desancar o partido eleito para governar o Brasil, atacar Lula, Dilma e tantos outros desafetos, mas fica irritadinho quando alguém faz uma crítica à sua atuação parcial e política. A sua permanência na mais alta Corte do país é uma vergonha à Justiça brasileira. Que, convenhamos, de modo geral, tem feito pouco para merecer o respeito de todos os cidadãos e cidadãs do país. Ou o Brasil não seria tão injusto.

Compartilhe
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Contact us

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *