Quando o povo vira protagonista

Os estudantes de São Paulo nos lembram a velha (e sempre nova) lição: quando o povo deixa de ser espectador e vira protagonista, em busca daquilo em que acredita, nenhuma força é capaz de derrotá-lo. Nem governantes ou policiais. Gandhi expulsou os colonizadores ingleses sem pegar em armas. Mas sem ilusões, porque a história também está cheia de exemplos de retrocessos, com a adesão ou conivência do povo. Deflagrado o processo de impeachment (por um corrupto!), vamos saber agora, claramente, quem defende a democracia e quem apoia o golpe. Sem álibis!

Compartilhe
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Contact us

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *