As babás do Country. Ou o quanto as elites brasileiras continuam perversas (por Fernando Brito/via Tijolaço)

baba

Por Fernando Brito – 31/5/2016 – via Tijolaço.

“Uma reportagem, hoje, no El País, ajuda a entender até que ponto as elites brasileiras rejeitam nosso povo.

Leia (no final) a ótima reportagem de María Martín. É uma gravura de Debret, em pleno século 21.”

http://www.tijolaco.com.br/blog/as-babas-do-country-ou-porque-as-elites-brasileiras-sao-perversas

Quatro filhos à venda (por Fernando Rabelo Fotografias Históricas)

Por Fernando Rabelo Fotografias Históricas – 30/5/2016.

© Bettmann / Corbis A mãe que colocou a venda seus 4 filhos para escapar da miséria. Chicago, 1948.

Esta triste fotografia feita em 4 de agosto de 1948, e publicada em um jornal de Chicago, chocou a opinião pública nos EUA. Na imagem vemos Lucille Chalifoux, uma mãe de 24 anos de idade, grávida de seu quinto filho, casada com um homem desempregado dezesseis anos mais velho, que no desespero colocou a venda seus 4 filhos para escapar da miséria. As crianças foram vendidas e adotadas por dois dólares cada uma, os irmãos se dispersaram e só voltarem a se encontrar adultos.

Temer e Gilmar trucidaram o conceito de decência ao se encontrarem furtivamente no Jaburu (por Por Paulo Nogueira/via DCM)

A prova do crime: Gilmar a caminho de Temer

A prova do crime: Gilmar a caminho de Temer (foto via DCM).

Por Paulo Nogueira – 29/5/2016 – via DCM.

“Espero sentado por um único editorial dos grandes meios que reprove a conduta de Gilmar e Temer. E serei obrigado a me deitar à espera de que os comentaristas da Globo, Folha etc notem o crime de lesa democracia representado pelo encontro.

Nem que Gilmar tivesse ido ao Jaburu para jogar tranca ou tomar chá isso teria sido decente.

Isto se chama golpe.”

Leia mais:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/temer-e-gilmar-trucidaram-o-conceito-de-decencia-ao-se-encontrarem-furtivamente-no-jaburu-por-paulo-nogueira

Escritor brasileiro Raduan Nassar vence prêmio Camões 2016 (por Opera Mundi)

O escritor Raduan Nassar foi celebrado pela ‘extraordinária qualidade’ de sua linguagem e pela ‘força poética da sua prosa’.

Por Opera Mundi – 30/5/2016.

Júri foi unânime em conceder distinção, considerada a mais importante para autores de língua portuguesa, a Raduan Nassar, destacando a ‘força poética de sua prosa’.

Leia mais:

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/44309/Escritor+brasileiro+raduan+nassar+vence+premio+camoes+2016.shtml?utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=Boletim_OM_3005

O que falta para finalizar o golpe (por Jari da Rocha/via Tijolaço)

xeque

Por Jari da Rocha, colaboração para o Tijolaço – 30/5/2016.

“A finalização da operação-golpe depende do sucesso das próximas e decisivas jogadas.

Descaracterizar a Lava-jato como instrumento criado para derrubar definitivamente Dilma, prender Lula e inviabilizar o PT para as próximas eleições, cassando, inclusive, a sigla.

Estava dando tudo certo, até a foto oficial do novo governo. A imagem rodou o mundo.”

Leia mais:

http://www.tijolaco.com.br/blog/o-que-falta-para-finalizar-o-golpe-por-jari-da-rocha

Os togados do STF nunca foram tão subservientes (por Carlos Fernandes/via DCM)

Uma vergonha

Uma vergonha (foto via portal DCM).

Por Carlos Fernandes – 29/5/2016 – via DCM.

“Existe uma vasta literatura sobre a contribuição da Suprema Corte para o golpe de 64. Desde a condescendência do STF com a conspiração política que levou à ditadura militar até à sua postura, digamos, decorativa, sobre as atrocidades cometidas pelo regime.”

Leia mais:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/os-togados-do-stf-nunca-foram-tao-subservientes-por-carlos-fernandes

De um pescador tradicional aos golpistas e à mídia (por Carlos dos Santos e Cibelih Hespanhol/via Outras Palavras)

Sara Gehren-0918

Por Carlos dos Santos, em texto recolhido por Cibelih Hespanhol – Imagem: Sarah Gehren.

Resposta a “O Estado de S. Paulo”, para quem um espaço de diálogo entre povos tradicionais e o Estado seria desperdício de dinheiro público.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/brasil/de-um-pescador-tradicional-aos-golpistas-e-a-velha-midia