Quer saber quanto você muda o clima? (por Claudio Angelo/via Observatório do Clima)

Gelo marinho derrete no verão no Oceano Ártico. Foto: Claudio Angelo/OC.

Por Claudio Angelo/via Observatório do Clima.

Estudo faz correlação direta entre emissões de carbono pessoais e degelo do Oceano Ártico e demonstra como viajar de avião, andar de carro ou comer carne, por exemplo, contribui para o degelo no polo Norte.

Leia mais:

http://www.expressao.com.br/noticias/materias/03-11-16-quer-saber-quanto-voce-muda-o-clima.php

 

O artigo sobre delação que Moro traduziu de um juiz dos EUA prega o oposto do que faz a Lava Jato (por Marcos Danhoni/via DCM)

Sérgio Moro

Por Marcos Danhoni – 22/11/2016 – via DCM.

“Sergio Moro nunca trabalhou com “a verdade como mercadoria”. Criou uma similaridade com a operação Mani Pulite (“Mãos Limpas”) do promotor Antonio di Pietro, que destruiu a classe política italiana de uma forma que permitiu a sucessão de um governo estável pelos 10 anos posteriores com um mafioso como Berlusconi no poder.

Dez longos e doloridos anos que mergulharam a Itália numa crise da qual ela ainda não saiu: política, econômica, social e judiciária. O próprio Antonio di Pietro, cego pela ambição política e por ter-se tornado um promotor pop-star, adentrou na política e nela se enterrou com posteriores acusações contra si por subtração de fundos destinados ao seu partido e por enriquecimento ilícito.”

Leia mais:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-artigo-sobre-delacao-que-moro-traduziu-prega-o-oposto-do-que-faz-a-lava-jato-por-marcos-danhoni

O jornalismo de guerra escondeu que o Brasil melhorou sob Dilma (por Paulo Nogueira/via DCM)

l

Por Paulo Nogueira – 22/11/2016 – via DCM.

“Reproduzo abaixo um tuíte desta tarde do site Carta Maior:

Onde estão as garrafais!? Pnud/Ipea:renda dos brasileiros cresceu média de 1,1% entre 2011/14. Pobreza recuou 9,3% ao ano e miséria, 14% a.a

Resposta: estão escondidas. O jornalismo de guerra que se pratica no Brasil tratou de sumir com aquelas informações, divulgadas por um estudo chancelado pela ONU.”

Leia mais:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-jornalismo-de-guerra-escondeu-que-o-brasil-melhorou-sob-dilma-por-paulo-nogueira

Especialistas defendem inclusão de ‘alfabetização midiática’ nas escolas

Por Agência Senado – 7/11/2016. Foto: Pedro França/Agência Senado.

Capacitar os jovens para o uso crítico novas tecnologias e para a produção de conteúdo é um caminho necessário ao fortalecimento do uso livre e democrático da mídia. A avaliação foi feita no dia 7 de novembro pelo jamaicano Alton Grizzle, da Divisão de Liberdade de Expressão e de Desenvolvimento da Mídia da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), durante seminário promovido pelo Conselho de Comunicação do Congresso.

Leia mais:

http://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2016/11/07/especialistas-defendem-inclusao-de-alfabetizacao-midiatica-nas-escolas

O ex-presidente da Andrade Gutierrez mostrou o quanto a Justiça pode ser ridicularizada (por Carlos Fernandes/via DCM)

O ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Marques de Azevedo

O ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Marques de Azevedo

Por Carlos Fernandes – 18/11/2016 – via DCM.

E quando você imagina que não existe mais forma possível da justiça brasileira ser ridicularizada, eis que o ex-presidente da empreiteira Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, presta um segundo depoimento ao TSE para “esclarecer” a sua já desmentida delação.

Após ter sido miseravelmente desmascarado pela defesa da ex-presidenta Dilma quanto à sua afirmação de que teria pago R$ 1 milhão de propina em forma de doação ao diretório do PT, Azevedo agora muda completamente a sua versão.

Depois que a cópia do cheque nominal ao golpista Michel Temer circulou pelos quatro cantos do universo conhecido, subitamente, não mais do que subitamente, uma clarividência divina iluminou a memória do nosso querido corruptor ao encontro da “verdade”.

Leia mais:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-ex-presidente-da-andrade-gutierrez-mostrou-o-quanto-a-justica-pode-ser-ridicularizada

 

Lançamento de O Analfabeto Midiático, neste sábado, dia 19, na Faferia

O release que circula por aí, para divulgar o livro…

unnamed

O jornalista Celso Vicenzi lança no dia 19 de novembro, das 9 às 13 horas, na Faferia DNA de Arte (Rua Fernando Machado, 261, Centro), em Florianópolis, o livro “O Analfabeto Midiático”, pela editora Nave, uma seleção de artigos publicados em vários portais e blogs nacionais, de 2009 a 2016. “São temas políticos, econômicos, ambientais, comportamentais  e sociais – entre outros – que são o retrato de uma época, no Brasil e no mundo”, afirma o autor. Segundo o professor titular na Universidade Federal de Santa Catarina, Francisco José Castilhos Karam, que assina o prefácio,  o autor, “ao estilo de Eduardo Galeano”, utiliza “uma linguagem que mostra tanto a simplicidade explicativa quanto a erudição sobre acontecimentos recentes de nossa história”.

Celso Vicenzi, autor também do livro de humor “Gol é Orgasmo”, da editora Unisul, é ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina. Atuou em rádio, TV, jornal e revista. Atualmente faz assessoria de imprensa e colabora com vários blogs e portais, entre eles o Observatório da Imprensa e a Agência Latino-Americana de Comunicação. É colunista dos portais Outras Palavras, Nota de Rodapé e AcontecendoAqui e também assina o blog celsovicenzi.com.br e o tuíter @celso_vicenzi. Durante a sua carreira nos principais veículos de comunicação de Santa Catarina, Vicenzi conquistou vários prêmios estaduais, regionais e nacionais, entre eles o Prêmio Esso de Ciência e Tecnologia (1985).

“Procurei fazer uma seleção de textos que trazem reflexões sobre problemas que ainda estão presentes no dia a dia dos cidadãos brasileiros e da maioria da população do planeta”, afirma Vicenzi. Mesmo quando datados, como assinala o professor Francisco Karam, “mostra como temas essenciais que desvelam o espírito do tempo podem ser tratados com extrema clareza didática, mantendo a contundência narrativa e recheando de dados e fatos que engrandecem a opinião balizada, com argumentação bem fundamentada e com o uso exímio das palavras”.

Nas próprias palavras do autor: “Cada um escreve a sua biografia – por menos importante que seja – e coloca a sua vida na defesa de ideias e valores que considera relevantes. Meus ideais e princípios são aqueles que traduzem, na essência, a busca cotidiana por um país e um planeta mais justo e solidário. Sei que não estive, não estou, nem estarei imune a cometer erros e eventuais exageros, mas tenho convicção de que procuro fazer um jornalismo honesto e qualificado, que não disfarça a opressão e nem se presta a dourar a pílula da desinformação para manter a população alienada sobre as causas da desigualdade e das injustiças sociais. Ou seja, se errar, que seja ao menos em favor dos que mais sofrem e dos que menos têm. Já me serve de algum consolo.”

O quê: Lançamento do livro O Analfabeto Midiático, de Celso Vicenzi – editora Nave.
Quando: Dia 19 de novembro, das 9 às 13 horas.
Onde: Faferia DNA de Arte, na Rua Fernando Machado, 261 – Florianópolis/SC.
Preço do livro: R$ 20,00.

O Xadrez da guerra mundial entre os poderes (por Luis Nassif/via GGN)

Por Luis Nassif – 18/11/2016 – via GGN.

“Praticaram um golpe de Estado sem a menor noção sobre as consequências futuras. Através da mídia, criaram um mundo imaginário, uma orquestração, cujo único ponto de convergência era a derrubada do governo e a eliminação do inimigo comum, o PT, e o único ponto de mobilização o exercício continuado do ódio. E, tal como vendedores de xaropes do Velho Oeste, venderam ilusões de que a queda de Dilma produziria crescimento, prosperidade, o fim do mal-estar geral.

Esse quadro se desenrola em um país institucional e politicamente desmontado, e com uma política fiscal-monetária que ampliará o desconforto geral.”

Leia mais:

http://jornalggn.com.br/noticia/o-xadrez-da-guerra-mundial-entre-os-poderes#.WC5P25f5GQs.facebook