‘É como dar cheque em branco’: privatizar estatal de água para sanar rombo no Rio é medida ‘imediatista’, diz relator da ONU (por Júlia Dias Carneiro/via BBC Brasil)

Protesto contra privatização da Cedae

Por Júlia Dias Carneiro – 23/2/2017 – via BBC Brasil.

Aprovar a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) do Rio para sanar a crise financeira do governo atual é uma medida que foi tomada de maneira “açodada”, sem base em evidências, sem as salvaguardas necessárias e sem considerar a função social dos serviços de saneamento, afirma Léo Heller, relator especial da ONU para o direito à água e ao saneamento e pesquisador da Fiocruz de Minas.

Leia mais:

http://www.bbc.com/portuguese/brasil-39048419

Compartilhe
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Contact us

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *