Rico que gritava “vai para Cuba” foi para Portugal (por Sérgio Saraiva/via GGN)

Portugal3

Por Sérgio Saraiva – 24/4/2017 – via Luis Nassif/GGN.

Mas, e você coxinha de classe média baixa, que ficou sabendo que não vai poder se aposentar e que será terceirizado, perderá o convênio médico bancado pela empresa e passará a emitir nota fiscal para o patrão no lugar de receber holerith, ainda tem raiva do Lula?

Viu no que dá cair do conto do pato amarelo e ir fazer acampamento em frente da FIESP achando que poderia chamar patrão de companheiro de lutas? Você perdeu o lugar e teu patrão foi para Portugal.

Lembra-se de quando você invadia Miami para fazer compras achando que estava no primeiro mundo? Bons tempos. Não tem jeito, coxinha, reconheça, você foi feito de trouxa. Encha seu peito de ar e grite conosco: Fora, Temer – Volta, querida.

Ou, ao seu estilo: “vai tomar no cu”.

Leia mais:

http://jornalggn.com.br/blog/sergio-saraiva/rico-que-gritava-%E2%80%9Cvai-para-cuba%E2%80%9D-foi-para-portugal-por-sergio-saraiva

 

Sérgio Moro toma outra entortada em seu esporte predileto, a caça-ao-Lula (por Nocaute)

18155246_1648987018451895_550946173_nPor Nocaute – 24/4/2017.

Um mês atrás o juiz Sérgio Moro, obcecado na caça que empreende ao ex-presidente Lula, oficiou a PriceWaterhouseCoopers, para saber se havia registros de ilícitos praticados por Lula na Petrobrás (a Prince auditou a estatal por alguns anos). Hoje Moro recebeu o ofício anexo, da Price, para reafirmar o que até os inhambus do Ahú já sabem: Lula é inocente.

Leia mais:

http://www.nocaute.blog.br/brasil/sergio-moro-toma-outra-entortada-em-seu-esporte-predileto-caca-ao-lula.html

 

Para enfrentar o mito do “crescimento econômico” (por George Monbiot/via Outras Palavras)

170424-Kate2

Por George Monbiot – 24/4/2017 – via Outras Palavras.  Tradução: Inês Castilho.

Pesquisadora britânica propõe novo paradigma para a ciência econômica: abandonar o “homem racional, autorreferido e calculista”; voltar-se ao bem-estar de todos e à salvação do planeta.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/capa/para-enfrentar-o-mito-do-crescimento-economico

Robert Fisk: as crianças que não contam (por Robert Fisk/via The Independent e Outras Palavras)

syria-0

Por Robert Fisk – 23/4/2017 –  via The Independent e Outras Palavras. Tradução de Roberto Pires Silveira.

Duas semanas depois de curioso ataque com gás sarin, terroristas financiados pelo Ocidente explodiram camboio de refugiados, matando 126 sírios, entre os quais 80 crianças. Desta vez, ninguém chorou.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/destaques/robert-fisk-as-criancas-que-nao-contam