Diretor e diretoria não são a mesma coisa, certo Arnaldo?

Resultado de imagem para foto de Lula no depoimento a moro agencia brasil

Por Celso Vicenzi – 18/5/2017. Foto: Arquivo/Agência Brasil.

Lula no depoimento a Moro diz que fez apenas duas reuniões com a “direção” da Petrobras. O MP afirma que ele se reuniu 27 vezes com “diretores” da Petrobras. Ora, não é a mesma coisa.
Quem faz curso de jornalismo pelo método Moro, apressadamente, se contenta com aparências e ilações, mas é preciso prestar atenção: diretor e direção não são a mesma coisa.
 
O jornal Extra, por exemplo, chegou a pôr o erro em manchete (outros falaram em contradição): “Lula teve 27 encontros com a diretoria da Petrobras entre 2003 e 2010”. Errado. Segundo o próprio Ministério Público, há documentos que provam que Lula teria se reunido 27 vezes com diretores da Petrobras. Diretor é uma pessoa, não é um coletivo. Não é, portanto, uma diretoria.
 
Não vem ao caso, neste breve comentário, porque só quis demonstrar um equívoco da mídia e do MP, se Lula fez ou não fez o que quer que digam que tenha feito. Até porque reunir-se com diretor da Petrobras não é crime. É preciso haver algo mais concreto do que uma agenda com os nomes de quem participou. Negociaram propinas nessas reuniões? Bem, se tem essa comprovação, daí estamos diante de um crime.
 
Agendas de reuniões, ainda mais quando públicas, não provam nada. Salvo se estamos diante do método Moro de deduções, ilações e convicções.
Compartilhe
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Contact us

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *