Fernando Morais revela detalhes de reunião entre tucanos e Temer para montar novo golpe (por Renato Rovai)

Por Renato Rovai – 29/5/2017 – blog do Rovai.

O jornalista e escritor Fernando Morais denuncia no seu Nocaute que aconteceu, no sábado, uma reunião entre o presidente ilegítimo, Michel Temer, e tucanos de alta patente para construir a saída para a crise. Fernando Morais foi do PMDB por muito tempo e ainda mantém contatos com pessoas que conhecem os bastidores deste governo. É leitura fundamental. O golpe dentro do golpe e contra as diretas já está em ritmo acelerado.

Leia mais:

http://www.revistaforum.com.br/blogdorovai/2017/05/29/fernando-morais-revela-detalhes-de-reuniao-entre-tucanos-e-temer-para-montar-novo-golpe

Dominação financeira, o caminho ao caos (por Ladislau Dowbor/via Outras Palavras)

170527-Picasso

Por Ladislau Dowbor – 27/5/2017 – via Outras Palavras. Imagem: Pablo Picasso – Massacre na Coreia (1951).

A semanas de lançar novo livro, Ladislau Dowbor sustenta: foi o controle exercido pelos bancos sobre orçamento público e o das famílias que provocou crise do lulismo e espiral do golpe.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/brasil/dominacao-financeira-o-caminho-que-nos-trouxe-ao-caos

Xadrez da revisão do projeto dos campeões nacionais (por Luis Nassif/via GGN)

Por Luis Nassif – 29/5/2017 – via GGN.

O estrago promovido pela Lava Jato na economia obrigará a uma revisão dos conceitos de desenvolvimentismo – e não apenas no Brasil.

Em todos os países que assumiram protagonismo global, o grande instrumento de expansão do poder nacional foram as grandes empresas nacionais como agentes do poder externo do país.

Com o avanço da cooperação internacional, entre autoridades judiciárias dos diversos países, esse modelo entrou em xeque.

Leia mais:

http://jornalggn.com.br/noticia/xadrez-da-revisao-do-projeto-dos-campeoes-nacionais

Triste país onde depredação é escândalo, mas massacre de dez posseiros, não (por Mário Magalhães)

Por Mário Magalhães – 25/5/2017 – via blog do autor.

Os vândalos de ontem são dentes de leite em comparação com a corja que vandaliza o Brasil, as instituições em que a democracia deveria prevalecer, os direitos dos mais pobres, as conquistas alcançadas com suor pelos trabalhadores, os programas que impedem a morte por fome, as iniciativas que deixam menos jovens longe da escola e da universidade, os planos de preservação ambiental.

Leia mais:

https://blogdomariomagalhaes.blogosfera.uol.com.br/2017/05/25/triste-pais-onde-depredacao-e-escandalo-mas-massacre-de-dez-posseiros-nao