Manual une conhecimento indígena e científico sobre os usos de plantas amazônicas (via Instituto Socioambiental)

Via Instituto Socioambiental – 5/10/2017.

Manual de Etnobotânica será lançado pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro, pelo Instituto Socioambiental (ISA) e demais parceiros do Brasil e da Inglaterra. Publicação é fruto de pesquisa e intercâmbio de conhecimentos com povos indígenas da região do Alto Rio Negro, noroeste amazônico.

Leia mais:

https://www.socioambiental.org/pt-br/noticias-socioambientais/manual-une-conhecimento-indigena-e-cientifico-sobre-os-usos-de-plantas-amazonicas?utm_medium=email&utm_source=transactional&utm_campaign=manchetes%40socioambiental.org

Florestas em terras indígenas podem render trilhões de reais (por Nádia Pontes/via Deutsche Welle e Instituto Humanitas Unisinos)

Resultado de imagem para Fotos publicas indígenas e floresta

Por Nádia Pontes – 5/1/2017 – via Deutsche Welle e Instituto Humanitas Unisinos.
Foto: EBC.

Os números impressionaram os próprios pesquisadores. Só no Brasil, as florestas em terras indígenas podem “render” em serviços prestados até 1 trilhão de dólares nos próximos 20 anos (cerca de 3,2 trilhões de reais), o que equivale a quase metade do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2015. Para a Bolívia, o valor é de até 119 bilhões de dólares, e para a Colômbia, de 277 bilhões de dólares.

Leia mais:

http://www.ihu.unisinos.br/563634-florestas-em-terras-indigenas-podem-render-trilhoes-de-reais

Documentos da Cruz Vermelha revelam massacre de indígenas na ditadura

Os índios Nambiquara pelas lentes do antropólogo Lévi-Strauss

Os índios Nambiquara pelas lentes do antropólogo Lévi-Strauss.

Por Jamil Chade – 24/10/2016 – Agência Pública.

Trabalhos forçados, miséria e doenças levaram povos “à beira do extermínio” na década de 1970, registram informes confidenciais do Comitê Internacional da entidade.

Leia mais:

http://apublica.org/2016/10/documentos-da-cruz-vermelha-revelam-massacre-de-indigenas-na-ditadura

Os maiores devedores da Amazônia e suas perigosas relações (por Inesc/via Carta Maior)

EBC

Por Inesc – 26/8/2016 – via Carta Maior. Foto: EBC.

“A Amazônia é uma das regiões mais ricas do planeta. A imensidão da biodiversidade e fartura de recursos naturais tornam os sete estados amazônicos literalmente ricos por natureza. Mas em geral onde há fartura, há falcatrua. Um levantamento feito pelo Inesc sobre a Dívida Ativa da União (DAU) na Amazônia (considerando apenas os sete estados da região Norte) revela que os maiores devedores da região acumulam uma dívida total de R$ 17,8 bilhões. O levantamento identificou os 10 maiores inscritos na Dívida Ativa da União em cada um dos sete estados, entre pessoas físicas e jurídicas. Rondônia lidera esse ranking, com cerca de R$ 4,7 bilhões em dívidas. Em seguida aparecem Amazonas (R$ 4,4 bilhões), Pará (R$ 3,9 bilhões), Tocantins (R$ 2,4 bilhões), Amapá (R$ 1,08 bilhão), Acre (R$ 894 milhões) e Roraima (R$ 503 milhões).

No entanto, levando-se em conta todas as dívidas ativas da União de pessoas físicas e jurídicas em cada estado, e não apenas os 10 maiores devedores, o ranking muda. A liderança vai para o Pará, com R$ 23,7 bilhões em dívidas. Rondônia cai para o terceiro lugar, com pouco mais de R$ 6 bilhões, sendo ultrapassada também pelo Amazonas, que aparece em segundo, com R$ 16,2 bilhões em dívidas. Tocantins (R$ 4,9 bilhões, em quarto), Amapá (R$ 2,1 bilhões, quinto), Roraima (R$ 1,8 bilhão, sexto) e Acre (R$ 1,7 bilhão, sétimo), completam o ranking.”

Leia mais:

http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Os-maiores-devedores-da-Amazonia-e-suas-perigosas-relacoes/4/36688

Sertanista José Meirelles foi impedido pela Funai de acompanhar Sebastião Salgado em viagem no Acre (por Kátia Brasil/via Amazônia Real)

Sebastião Salgado foi recebido pelo governador Tião Viana. José Meirelles estava presente no encontro. (Foto: Gleilson Miranda/Secom-AC).

Funai diz que o sertanista não tinha autorização de ingresso à terra indígena, mas ele  participou do contato oficial do povo isolado, que iria ser fotografado por Salgado.

Por Kátia Brasil – via Amazônia Real – 11/4/2016.

http://amazoniareal.com.br/sertanista-jose-meirelles-foi-impedido-pela-funai-de-acompanhar-sebastiao-salgado-em-viagem-no-acre