Os muito ricos sonegam sem culpa (por Nick Hopkins, no Guardian/via Outras Palavras)

Henrique Meirelles, um dos envolvidos no vazamento da Appleby. Ministro da Fazenda usou argumento de praxe, lembrando que suas aplicações "offshore" são legais e foram declaradas à Receita. "O problema", diz o texto, "é que uma parte cada vez maior da opinião pública julga estas práticas ilegítimas"

Henrique Meirelles, envolvido no vazamento da Appleby. Ministro usou argumento de praxe, lembrando que suas aplicações “offshore” são legais e foram declaradas à Receita. “O problema”, diz o texto, “é que uma parte cada vez maior da opinião pública julga estas práticas ilegítimas”.

Por Nick Hopkins, no Guardian – 8/11/2017 – via Outras Palavras – Tradução Inês Castilho.

Novo vazamento sobre “paraísos fiscais” demonstra: para não pagar impostos, transnacionais e milionários escondem-se nos mesmos circuitos financeiros usados pelos corruptos e redes criminosas.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/brasil/os-muito-ricos-sonegam-sem-culpa

Brasil: como os mais ricos sonegam impostos (por Camilla Veras Mota e Leticia Mori, na BBC Brasil/via Outras Palavras)

A doação de patrimônio para fundações é uma das categorias do 'planejamento sucessório', usado para diminuir os impostos sobre herança (Ilustração: Raphael Salimena)

A doação de patrimônio para fundações é uma das categorias do ‘planejamento sucessório’, usado para diminuir os impostos sobre herança. (Ilustração: Raphael Salimena).

Por Camilla Veras Mota e Leticia Mori, na BBC Brasil – 7/11/2017 – via Outras Palavras.

Salário é tributado; lucro dos empresários, não. Aluguel tem desconto, “fundo imobiliário” é isento. Seja sócio de seu filho, e não contribua sobre a herança. As mil artimanhas só possíveis para quem tem muito dinheiro.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/outrasmidias/capa-outras-midias/brasil-como-os-mais-ricos-sonegam-impostos

Por que o Brasil precisa de mais impostos (por Patrícia Fachin, no IHU Online/via Outras Palavras)

desigualdadeoxfam

Por Patrícia Fachin, no IHU Online – 18/10/2017 – via Outras Palavras.

Coordenador de campanhas da Oxfam desafia o senso comum e dispara: num país marcado pela desigualdade, é preciso tributar os ricos e aumentar fortemente o gasto social. Rafael Georges, entrevistado.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/outrasmidias/destaque-outras-midias/por-que-o-brasil-precisa-de-mais-impostos

Para tramar um feminismo descolonizado e não-burguês (por Serpente Coletiva/via Outras Palavras)

170928-debatesfeministas3

Por Serpente Coletiva – 28/9/2017 – via Outras Palavras.

Ciclo de encontros com a boliviana Julieta Paredes debate a hipótese de um Feminismo Comunitário, capaz de superar o individualismo e de compreender que o patriarcado oprime também os homens e a natureza.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/blog/2017/09/28/para-tramar-um-feminismo-descolonizado-e-nao-burgues

Saudável é comer o que te faz feliz (por Maria Bitarello/via Outras Palavras)

170919-Bosch

Imagem: Hieronymus Bosch, O Jardim das Delícias Terrenas, 1490-1510 (detalhe).

Por Maria Bitarello – 19/9/2017 – via Outras Palavras.

Desvie dos cálculos de nutrientes, do proselitismo alimentar. Dê à alma e ao corpo o que eles pedem. Confie no que te alegra – e mais na intuição que no intelecto.

Leia mais:

http://outraspalavras.net/destaques/saudavel-e-comer-o-que-te-faz-feliz

Os desafios cruciais da era Uber (por Por Frank Pascuale, no Boston Review of Books/Tradução: Inês Castilho/via Outras Palavras)

170710-Bosch2

Imagem: Hieronymus Bosch, Inferno, 1490 (detalhe).

Por Por Frank Pascuale, no Boston Review of Books/Tradução: Inês Castilho/via Outras Palavras – 15/9/2017.

Como evitar que sejamos todos obrigados a leiloar nosso trabalho, por preços e condições cada vez rebaixadas? Criando plataformas alternativas? Ou exigindo ação do Estado?

Leia mais:

http://outraspalavras.net/destaques/os-desafios-cruciais-da-era-uber

E se os bancos servissem à sociedade? (por Amyra el Khalili, entrevistada por Patrícia Fachin, na IHU Online/via Outras Palavras)

170918-Moeda

Sururu, moeda solidária utilizada pelo Banco Solidário Quilombola do Iguape (BA) como dinheiro comunitário local no Recôncavo Baiano.

Por  Amyra el Khalili, entrevistada por Patrícia Fachin, na IHU Online – 18/9/2017 – via Outras Palavras.

Apoiada em Ladislau Dowbor e Yann Leboutang, economista sustenta: em vez de limitar-se a criticar os bancos, esquerda deve propor sua transformação radical.

Leia mais:

http://outras-palavras.net/outrasmidias/?p=515641